Régis Bonvicino é novo colaborador do iG

SÃO PAULO - O iG passa a contar, nesta sexta-feira, com a colaboração de Régis Bonvicino. Formado em Direito pela Universidade de São Paulo, Bonvicino trabalhou, entre outros veículos de comunicação, como articulista do jornal Folha de S. Paulo.

Redação |

Divulgação
Régis Bonvicino, novo colunista do iG

Entre 1975 e 1983, dirigiu as revistas de poesia Qorpo Estranho, Poesia em Greve e Muda. Fundou, em 2001, e co-dirige, ao lado de Charles Bernstein, a revista Sibila , publicada atualmente pela Martins Editora.

A partir desta sexta-feira, Bonvicino passa a escrever para o Último Segundo sobre cultura e política internacional. No texto de estréia, ele destaca o papel de Barack Obama, candidato pelo Partido Democrata à presidência dos Estados Unidos ( leia a coluna ).

Nascido em São Paulo, em 25 de fevereiro de 1955, Bonvicino é autor de três livros - Bicho papel (1975), Régis Hotel (1978) e Sósia da cópia (1983) ¿ e teve diversas participações em leituras de poesia pelo mundo.

Destacam-se as atuações em Buenos Aires, Miami (Miami Book Fair); Copenhague (1993); na III Bienal Internacional de Poetas em Val-de-Marne (1995), fazendo leituras em Paris (Maison de La Amerique Latine) e Marselha (Centro Internacional de Poesia); Berkeley (1996), com Michael Palmer, e na San Francisco State Universty.

Em 1998, apresentou-se com Charles Bernstein no Segue Performance Foundation, de Nova York; em 1999, esteve em Santiago de Compostela, na Universidade de Santiago. Fez leituras em Iowa City (2000), com Michael Palmer, e em Chicago; participou do IV Encontro Internacional de Poetas de Coimbra (2001); e na Feira do Livro da Cidade do México (2004).

Seu trabalho está traduzido para o inglês, espanhol, francês, chinês, catalão, finlandês e dinamarquês.

    Leia tudo sobre: régis bonvicino

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG