Região Ásia-Pacífico está ameaçada por grandes catástrofes naturais, diz estudo

A explosão demográfica e os efeitos do aquecimento global poderão aumentar o efeito das catástrofes naturais nos países asiáticos do Pacífico, adverte um estudo australiano do Instituto Público Geosciência da Austrália citado nesta sexta-feira pelo Sydney Morning Herald.

AFP |


Segundo o estudo, China, Indonésia e Filipinas figuram entre os países mais expostos da região aos terremotos que poderão causar até um milhão de mortos.

A explosão demográfica, o aquecimento climático e as carências alimentares podem aumentar consideravelmente o efeito das catástrofes (tremores, tsunamis e erupções vulcânicas) durante os próximos anos, segundo a mesma fonte.

As conclusões deste estudo levaram ao primeiro-ministro australiano, Kevin Rudd, e ao presidente indonésio, Susilo Bambang Yudhoyono, a criar um centro de pesquisa e treinamento conjunto sobre as catástrofes naturais, assegura o jornal.

Até o momento, a AFP não pôde contatar o Instituto Geosciência da Austrália.

Cerca de 220.000 pessoas morreram em 26 de dezembro de 2004 em um tsunami que varreu as costas do sudeste asiático e, em particular, a Indonésia.

    Leia tudo sobre: chinadesastres naturaistsunamiásia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG