Reforma do sistema de saúde dos EUA cortará déficit, diz Hoyer

WASHINGTON (Reuters) - O líder da maioria democrata na Câmara dos EUA, Steny Hoyer, disse nesta quinta-feira que a proposta final de lei para o sistema de saúde cortaria o déficit dos EUA em mais de 100 bilhões de dólares nos primeiros 10 anos. Segundo Hoyer, o gabinete orçamentário do Congresso dos EUA (CBO, sigla em inglês) disse que a reforma geral no sistema de saúde cortaria o déficit em mais de 1 trilhão de dólares na década seguinte. Espera-se que o CBO divulgue a estimativa oficial do custo para a nova lei, de autoria de democratas, nesta quinta-feira.

Reuters |

Hoyer disse que a força favorável da nova lei está crescendo apesar da sólida oposição republicana, e a Casa está no caminho certo para votar a proposta de lei neste domingo.

(Reportagem de Donna Smith)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG