Reforços para o Afeganistão serão mobilizados no sul

A maioria dos 17.000 soldados americanos que serão enviados nos próximos meses ao Afeganistão ficarão posicionados no sul do país, onde a insurgência ganha força, anunciou o subcomandante das forças da Otan no país.

AFP |

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, aprovou na semana passada o envio de 17.000 soldados adicionais, que se unirão aos 38.000 militares americanos já mobilizados no Afeganistão.

"Os reforços serão principalmente dirigidos para as províncias de Helmand, Kandahar e Zabul", afirmou o general britânico Jim Dutton.

"Reforçarão as tropas presentes nestas zonas, onde a insurgência é mais violenta", acrescentou o chefe adjunto da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) da Otan.

A província de Kandahar é o berço do movimento talibã e um de seus redutos, assim como província vizinha de Helmand, que também é o maior centro de produção de ópio do país.

br/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG