Padcaya (Bolívia), 22 jun (EFE).- A região boliviana de Tarija (sul) iniciou hoje o referendo sobre seu estatuto de autonomia com a abertura das mesas de votação e com a interrupção do tráfico de estradas em duas localidades fronteiriças com a Argentina em protesto pela realização desta consulta.

Um total de 173.231 pessoas foram convocadas para participar deste ato, que encerra um ciclo de referendos autonomistas promovidos pelos opositores ao presidente Evo Morales.

Em Tarija, a consulta começou a partir das 8h (9h, em Brasília) com normalidade e sem incidentes, enquanto em algumas localidades da região grupos seguidores de Morales e opositores à realização do referendo bloquearam estradas. EFE ja/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.