Reféns das Farc serão soltos no domingo, diz senadora colombiana

BOGOTÁ - A senadora colombiana Piedad Córdoba, que é da oposição, anunciou nesta quarta-feira que no próximo domingo serão libertados os primeiros reféns que as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) se comprometeram a libertar.

Redação com agências internacionais |

"Já tenho as coordenadas. No próximo domingo é a primeira libertação", declarou a senadora aos jornalistas ao término de uma reunião com representantes do Comitê Internacional da Cruz Vermelha.

As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) anunciaram em 21 de dezembro a libertação do ex-governador de Meta Alan Jara, do ex-deputado Sigfredo López, de três policiais e de um soldado.

No entanto, a entrega dos reféns foi adiada por problemas logísticos e pela exigência da guerrilha para que um representante da comunidade internacional juntamente com o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) participe da operação.

Na quarta-feira, Córdoba afirmou  que a libertação dos reféns só dependia do tempo que o Brasil demoraria para ter pronta a logística da operação.

O governo brasileiro informou na última sexta-feira que fornecerá os meios necessários requeridos pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha para receber os reféns em algum lugar da Colômbia.

No último domingo, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, disse à imprensa que a data da libertação só será conhecida uma vez que a operação for concretizada.

Leia mais sobre: Brasil - Colômbia

    Leia tudo sobre: farc

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG