Caracas, 16 fev (EFE).- A emenda constitucional para a reeleição ilimitada na Venezuela foi aprovada neste domingo em um referendo com 54,85% dos votos, indicou o segundo boletim de resultados emitido hoje pelo Conselho Nacional Eleitoral (CNE).

A opção do "não" à emenda obteve 45,14% dos votos, em um processo que registrou uma participação recorde de 70,33% do eleitorado, indicou o boletim, emitido com 99,57% das mesas apuradas.

"Com um total de 11.710.740 votos apurados, o 'sim' alcançou 6.310.482 e o 'não' recebeu 5.193.839", indicou o CNE.

A aprovação da emenda, promovida pelo presidente Hugo Chávez, abriu a via para que o líder possa tentar em 2012 sua reeleição.

Antes da emenda, a Constituição Bolivariana de 1999 estabelecia o limite de uma só reeleição para cargos públicos. EFE gf/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.