Rede de traficantes que atuava no Brasil é desmontada na Espanha

MADRI - A polícia espanhola desarticulou uma rede dedicada ao tráfico de drogas que enviava mulheres na casa dos 60 anos em cruzeiros transoceânicos de luxo, nos quais se passavam por turistas, para trazerem entorpecentes do Brasil.

EFE |

Segundo as fontes policiais, a operação deteve nove pessoas, todas elas espanholas. As autoridades destacaram o inovador método usado para o tráfico de drogas.

Duas das mulheres detidas atuavam como "mulas" do grupo e aproveitavam as paradas dos navios de luxo nos portos brasileiros para se abastecerem de drogas, principalmente cocaína.

Em alguns dos portos, elas eram esperadas por outro dos detidos, que entregava a droga às supostas turistas, informaram as fontes policiais.

Já na Espanha, as mulheres desembarcavam a droga escondida em suas malas, as quais eram recolhidas por outro integrante da rede.

As duas detidas viajavam em um navio com destino à cidade espanhola de Málaga quando foram detidas junto a outros dois membros da rede pela polícia, que apreendeu 27 quilos de cocaína.

Além disso, os agentes capturaram outro integrante da rede quando tentava fugir da Espanha para Portugal, onde deveria pegar um voo para o Brasil.

Os detidos serão acusados por crimes como sequestro, posse ilegal de armas e formação de quadrilha.

Leia mais sobre Espanha

    Leia tudo sobre: espanha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG