Um total de 84 pessoas foram presas na Espanha acusadas de ajudar prostituta, principalmente originária do Brasil, a entrar no país com documentação falsa, informou a polícia em um comunicado.

O grupo, basicamente integrado por brasileiros, auxiliavam suas compatriotas a regularizar sua situação na Espanha como turistas.

Quatro residências foram revistadas e nelas os agentes apreenderam várias falsificações e comprovantes de envio de dinheiro ao Brasil.


Polícia divulga passaportes falsos usados pela quadrilha / Divulgação

Leia mais sobre prostituição

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.