Recursos hídricos do Brasil serão destaque da Expo Zaragoza 2008

Zaragoza (Espanha), 10 ago (EFE).- A Tribuna da Água da Expo Zaragoza 2008 (Espanha) discutirá, entre a próxima segunda e quarta-feira, a gestão dos recursos hídricos do Brasil, país que concentra em seus aqüíferos e bacias fluviais 12% da água doce do planeta.

EFE |

De acordo com nota de imprensa da exposição, 40 especialistas de 16 órgãos e instituições brasileiras participarão do encontro.

Os conferencistas apresentarão projetos e ações na gestão de recursos hídricos, que surgiram com o objetivo de integrar a relação entre água, saúde, energia, economia, agricultura, educação e urbanismo.

A nota acrescenta que o Brasil - depois da Espanha - é o país que terá mais representantes no fórum, e cita o diretor do Departamento de Recursos Hídricos do Ministério do Meio Ambiente brasileiro, João Bosco Senra.

"A intensa participação" brasileira na Tribuna da Água mostra como o país trata "com seriedade" a gestão dos recursos hídricos, disse Senra.

"Estamos satisfeitos em poder mostrar aos participantes como o país que mais água concentra em seu território trabalha para contribuir com avanços na gestão desses recursos", diz Senra.

Com uma das legislações mais avançadas do setor, a sociedade e o Governo brasileiros se comprometeram com a gestão integrada e responsável pelos recursos hídricos do país, que tem 12% da água doce do planeta e abriga 70% do Aqüífero Guarani, um dos maiores reservatórios de água doce do mundo.

As 12 conferências de segunda-feira tratarão sobre a gestão dos recursos hídricos nos aspectos sociais e tecnológicos, enquanto na terça-feira a programação principal será a relação entre água, agricultura e pecuária.

Além disso, nesse mesmo dia o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), que este ano completa 99 anos, apresentará as ações que estão sendo desenvolvidas na região semi-árida.

Na quarta-feira, vários especialistas apresentarão seus programas sobre a gestão do solo e da água, assim como experiências sobre a proteção à água e ações que dizem respeito à mudança climática. EFE jdm/fh/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG