Recontagem parcial confirma resultado da eleição no Irã, diz TV

TEERÃ - A televisão estatal iraniana anunciou na quarta-feira que uma recontagem parcial dos votos na contestada eleição presidencial de 12 de junho confirmou a vitória esmagadora do presidente Mahmoud Ahmadinejad, contestada por seu principal rival, Mirhossein Mousavi.

Redação com Reuters |


A Press TV, rede estatal iraniana em língua inglesa, anunciou: "Irã: recontagem parcial dos votos confirma resultado da eleição". A emissora não deu mais detalhes.

O mais alto órgão legislativo do Irã, o Conselho dos Guardiães, tinha dito anteriormente que estaria disposto a recontar 10% dos votos, escolhidos aleatoriamente, mas não ficou claro de imediato se a Press TV estava se referindo a essa recontagem.

No início da semana, um porta-voz do Conselho, que precisa aprovar o resultado, voltou a descartar a possibilidade de anulação da eleição, dizendo que não foram constatadas grandes irregularidades.

Na terça-feira, porém, o líder supremo aiatolá Ali Khamenei aprovou um pedido do Conselho de aumentar em dez dias o prazo final para serem recebidas e analisadas queixas sobre a eleição.

Composto de 12 membros - seis clérigos de alto escalão indicados pelo Líder Supremo e seis juristas islâmicos -, o Conselho precisa assegurar que todas as leis obedeçam à lei islâmica da sharia e à Constituição iraniana. O Conselho também faz uma avaliação prévia dos pré-candidatos em eleições presidenciais.

Conselho de Guardiães descarta nova eleição;
veja o vídeo (23/06):

Análises:

Leia também:

Leia mais sobre Irã

    Leia tudo sobre: iraira!irã

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG