(atualiza número de feridos) Beirute, 10 mar (EFE).- Pelo menos 19 detentos da prisão de Rumieh, a maior do Líbano, ficaram feridos hoje durante uma rebelião, informou a emissora de televisão libanesa LBC.

O motim começou quando alguns presos queimaram colchões e outros objetos em protesto contra suas penas e para pedir a alteração da lei 108, o que permitiria que suas sentenças fossem reduzidas.

A imprensa local informou que a revolta teve início na ala juvenil.

Alguns dos feridos foram afetados pelas chamas e por objetos que caíram em cima deles, acrescentaram as fontes.

Membros da Cruz Vermelha Civil e da Defesa Nacional entraram na prisão e puderam controlar o incêndio e socorrer os feridos, enquanto soldados da Polícia e do Exército cercavam a penitenciária e, aparentemente, conseguiram controlar a situação. EFE ks/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.