Rebelião congolesa avança 20 km pelo leste da RDC

A rebelião de Laurent Nkunda avançou pelo menos 20 km no leste da República Democrática do Congo (RDC) e nesta quinta-feira estava às portas de Kanyabayonga, uma cidade estratégica, segundo fontes concordantes.

AFP |

"Estamos na entrada de Kanyabayonga", afirmou à AFP o porta-voz do Congresso Nacional pela Defesa do Povo (CNDP, rebelião), Bertrand Bisimwa, contatado por telefone desde Kinshasa.

O avanço rebelde aconteceu praticamente sem combates, já que os soldados do exército congolês já haviam fugido, segundo Bisimwa.

AP
Pessoas carregam sacos de alimentos distribuídos em campos para refugiados

Segundo duas fontes independentes, os rebeldes estavam na quarta-feira à noite a menos de 10 km ao sul de Kanyabayonga. Esta cidade, a cerca de 100 km ao norte de Goma - capital da província de Kivu Norte - havia sido no início da semana cenário de saques e atrocidades em grande escala cometidos por soldados congoleses, insatisfeitos pela decisão do Exército de efetuar um envio operacional.

As principais estradas de Kivu Norte convergem em Kanyabayonga, que fecha o acesso ao norte da província.

Leia mais sobre conflito no Congo

    Leia tudo sobre: congo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG