Nairóbi, 19 jan (EFE).- Uma centena de civis morreram dentro de uma igreja que foi incendiada no nordeste da República Democrática do Congo (RDC) pelo grupo rebelde ugandense Exército de Resistência do Senhor (LRA), informou hoje a Rádio Okapi.

Os rebeldes atearam fogo ao templo, situado na localidade de Dungu, no sábado à noite, enquanto os fiéis rezavam. Não se informou do número de pessoas que participavam do culto religioso, segundo a emissora patrocinada pela Missão das Nações Unidas na RDC (Monuc).

De acordo com o presidente da sociedade civil de Dungu, Felicien Balani, "o LRA atacou por volta de meia-noite. Surpreenderam os fiéis enquanto rezavam a vigília e os queimaram dentro" do templo.

EFE pa/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.