Rebeldes tâmeis voltam a atacar a capital do Sri Lanka

Os rebeldes tâmeis cometeram nesta sexta-feira à noite um ataque aéreo, possivelmente suicida, bombardeando o principal edifício do Tesouro da capital do Sri Lanka, Colombo, deixando pelo menos dois mortos e 44 feridos, segundo fontes médicas e militares.

AFP |

As vítimas foram levadas ao Hospital Nacional de Colombo, informou seu diretor, Hector Weerasinghe.

Fontes militares também assinalaram que um dos aviões utilizados pelos rebeldes separatistas tâmeis, de pequeno porte, foi derrubado perto do aeroporto internacional e os restos de outro foram encontrados no prédio bombardeado - uma informação confirmada pelo porta-voz das forças armadas, Janaka Nanayakara.

No ataque, com esses dois aviões, os rebeldes realizavam, praticamente, missão suicida, declarou.

O único aeroporto internacional do país fechou brevemente e os voos foram desviados para a vizinha Índia, segundo funcionários.

"Um dos dos aviões dos Tigres (tâmeis) foi derrubado perto de Katunayake", disse Nanayakara, informando também da descoberta do corpo de um piloto rebelde.

Segundo ele os rebeldes bombardearam o principal prédio do Tesouro, que pegou fogo. Vários andares do edifício, situado perto do departamento central das forças aéreas e de um hotel de luxo, ficaram destruídos.

Alguns moradores de Colombo afirmaram ter ouvido explosões depois do corte da energia elétrica, que deixou às escuras a capital e seus meio milhão de habitantes.

Baterias antiaéreas iluminavam o céu da capital, à noite.

A operação rebelde desta sexta-feira acontece num momento em que as forças governamentais asseguram ter acabado com a capacidade de luta convencional dos tigres tâmeis.

O último ataque rebelde à capital remonta a outubro de 2008.

Os tigres tâmeis, hinduístas que pidem a independência do norte e do nordeste do Sri Lanka, realizam desde 1972 uma guerra contra as forças armadas do país que já deixou dezenas de milhares de mortos.

aj/hg/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG