Rebeldes somalis planejam ataque a bomba contra porto--fontes

Por Abdi Guled MOGADÍSCIO (Reuters) - Insurgentes islamistas planejam atacar o porto da capital da Somália com embarcações cheias de explosivos, disseram nesta sexta-feira islamistas moderados e integrantes das forças de paz da União Africana.

Reuters |

Os combatentes do al Shabaab, ligado à al Qaeda, estão conduzindo uma campanha contra o frágil governo apoiado pelo Ocidente, com o objetivo de impor uma versão mais dura da lei islâmica Sharia no país.

"Temos a informação de que o al Shabaab quer usar um bote cheio de explosivos para atacar o porto", disse à Reuters o major Barigye Ba-hoku, porta-voz das forças de paz da União Africana na Somália.

"Não sabemos quando eles podem atacar, mas eles estão planejando isso", afirmou.

A União Africana recebeu informações de inteligência de dentro do al Shabaab de que caminhões e animais como burros e cachorros poderiam ser usados nos ataques contra os soldados da União Africana, desestabilizando ainda mais o governo do presidente Sheikh Sharif Ahmed.

Mais de 5 mil soldados de Uganda e Burundi cumprem missão de paz em Mogadíscio, mas as operações estão praticamente restritas à proteção do porto, do aeroporto e do palácio presidencial.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG