Rebeldes se retiram da cidade de Goz Beida

Os rebeldes do Chade se retiraram neste sábado à tarde da cidade de Goz Beida, a 75 km da fronteira do Chade com o Sudão, poucas horas depois de terem assumido o controle da mesma.

AFP |

"As tropas rebeldes saíram de Goz Beida há pouco para se unir a outras força da rebelião na região", afirmou à AFP o porta-voz dos insurgentes, Abderaman Kulamala, entrevistado por telefone de Libreville.

"Os rebeldes não fizeram mais que passar por Goz Beida e não ficaram nela", confirmou à AFP uma fonte local independente.

"Não estão longe. O grande confronto acontecerá provavelmente amanhã (domingo) em Goz Beida com as tropas governamentais", acrescentou a mesma fonte, que citou "duros combates" durante a tomada da cidade.

"Controlamos toda a região. Agora vamos falar da estratégia a seguir", comentou Abdelwawid Abud Makaye, outro líder rebelde, presidente da União da Forças para a Democracia e o Desenvolvimento Fundamental (UFDD-F).

"Durante a tomada de Goz Beida, recuperamos 20 veículos do Exército. Não tivemos feridos. O Exército sofreu algumas baixas", acrescentou.

mjp-pgf/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG