Rebeldes muçulmanos matam 3 civis no sul da Tailândia

Bangcoc, 27 jan (EFE).- Insurgentes muçulmanos mataram a tiros três civis durante as últimas 24 horas no sul da Tailândia, onde continua a violência gerada pelo movimento separatista islâmico, informou hoje a Polícia.

EFE |

No começo da manhã desta terça-feira, dois assaltantes a bordo de uma motocicleta balearam um casal de 40 anos na província de Pattani.

Na segunda-feira passada, na vizinha província de Narathiwat, um homem de 28 anos morreu em circunstâncias parecidas e seu amigo ficou ferido com gravidade.

Cerca de 3.300 pessoas morreram no sul da Tailândia desde que os rebeldes retomaram a luta armada em janeiro de 2004, após uma década de pouca atividade guerrilheira. EFE grc/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG