A autoridade carcerária da Colômbia informou hoje ter frustrado um plano da guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) para que vários rebeldes detidos fugissem dos centros de reclusão, pelo que a segurança foi reforçada.

A informação foi dada em entrevista à imprensa pelo general Eduardo Morales, responsável pelo Instituto Nacional Penitenciário e Carcerário (Inpec).

O plano foi descoberto uma semana depois do resgate de 15 reféns que a guerrilha havia proposto trocar por 500 rebeldes presos.

hov/lm/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.