Rebeldes curdos atacam trem no sudeste da Turquia; ninguém fica ferido

Ancara, 24 mai (EFE).- Supostos rebeldes curdos atacaram hoje um trem no sudeste da Turquia, causando o descarrilamento de cinco vagões, mas ninguém ficou ferido no atentado, informou a agência de notícias Anadolu.

EFE |

O ataque aconteceu com a explosão de uma mina detonada por controle remoto no quilômetro 127 do trecho da ferrovia entre Beyhan e Suveren, na província de Bingol.

A bordo do trem, estavam 55 passageiros e 11 tripulantes.

O atentado deste sábado acontece em um momento de intensificação dos confrontos entre rebeldes turcos e o Exército.

Após vários ataques do PKK, as forças de segurança turcas aumentaram a pressão militar contra os curdos nas zonas rurais das províncias de Hakkari, Sirnak e Van, no sudeste do país.

Há dois dias, o PKK matou dois soldados nas montanhas de Kato, na província de Sirnak.

No passado, o Partido dos Trabalhadores de Curdistão (PKK) costumava atacar trens no sudeste da Turquia. EFE DT/wr/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG