Pelo menos 74 civis tâmeis, incluindo 25 crianças, morreram na segunda-feira e terça-feira em bombardeios do exército do Sri Lanka contra a última zona do país ainda sob controle dos guerrilheios separatistas tâmeis, informa um site favorável aos rebeldes.

Pelo menos 100 pessoas ficaram feridas nos "bombardeios desumanos dirigidos deliberadamente" contra zonas onde está refugiada a população civil e realizdos com "bombas de fragmentação", afirma o site Tamilnet.com.

Há dois meses, o governo cingalês executa uma vasta ofensiva militar que apresenta como a batalha final contra 500 insurgentes tâmeis encurralados em 50 km2 de selva.

No entanto, as afirmações dos militares e de seus inimigos são impossíveis de verificar de forma independente.

bur-sas/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.