O reator nuclear que a Síria tentava construir com a ajuda da Coréia do Norte estava quase pronto para operar quando foi destruído, no ano passado, em um ataque israelense, disseram funcionários da inteligência dos Estados Unidos nesta quinta-feira.

"Concluímos que o reator estava completo e que poderia ter entrado em operação em qualquer momento", disse um funcionário americano de inteligência à imprensa.

Outro funcionário americano confirmou que o reator foi destruído por Israel no ataque aéreo de setembro de 2007.

jm/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.