O Aeroporto Internacional de Nuakchott, fechado na quarta-feira após o golpe militar que derrubou o presidente da Mauritânia, Sidi Uld Cheikh Abdalahi, foi reaberto na madrugada desta quinta, revelou uma fonte da segurança local.

Até o momento não ocorreram atos de violência devido ao golpe que derrubou o primeiro presidente eleito democraticamente na Mauritânia, em março de 2007.

hos/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.