R.Dominicana detém venezuelano por tráfico ilegal de haitianos

Santiago (R.Dominicana), 7 fev (EFE).

EFE |

- As autoridades dominicanas informaram hoje que investigam um venezuelano detido na província de Monte Cristi (na fronteira com o Haiti), quando transportava até a cidade de Santiago (norte) quatro crianças e dois adultos de origem haitiana.

Uma fonte da Direção Nacional de Migração na região norte disse que investiga se o venezuelano Luis Guillermo Medina Velasco pertence a uma rede internacional que trafica imigrantes ilegais à República Dominicana, principalmente crianças, aproveitando a desordem no país vizinho desde o terremoto de 12 de janeiro.

O chefe do Exército Nacional, major-general Virgilio Pérez Félix, afirmou que o estrangeiro foi detido por soldados dominicanos quando confiscaram seu veículo em um posto de revista em Monte Cristi.

O comandante militar declarou que os haitianos foram entregues imediatamente às autoridades migratórias para os fins correspondentes, enquanto o venezuelano foi posto à disposição do Ministério Público.

Fontes de Imigração e do Exército Nacional na província de Dajabón (noroeste), disseram hoje à Agência Efe que quase diariamente têm de lidar com cidadãos de diferentes países que tentam ingressar na República Dominicana acompanhados de haitianos ilegais, a maioria deles menores de idade.

Essas instituições acreditam que a maioria desses menores traficados à República Dominicana depois do terremoto tem pais, avós e outros familiares vivos. Segundo as entidades, esses parentes são vítimas de roubos e sequestros pelas redes de traficantes que sempre operaram no Haiti, mas que se fortaleceram depois da tragédia. EFE as/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG