Santo Domingo, 6 jun (EFE).- As autoridades dominicanas detiveram um fugitivo americano acusado de abusar sexualmente de 25 menores em seu país e de várias acusações por exibicionismo, informou hoje uma fonte oficial.

Trata-se de Joseph Christian Fontana, que foi capturado na localidade de Cabrera, no nordeste do país, pela Direção Nacional de Controle de Drogas (DNCD) e pela Direção de Migração.

Fontana tinha se escondido nessa localidade após fugir dos Estados Unidos, em 2001, para evitar sua captura, segundo um comunicado da DNCD, em cuja sede o americano está detido, à espera da deportação a seu país, onde é acusado de violação sexual e pedofilia.

O detido enfrenta 25 acusações por abusos sexuais contra crianças e o mesmo número por comportamento lascivo e impudico, precisou o presidente da DNCD, Gilberto Delgado Valdez.

Segundo o funcionário, Fontana morava há vários anos em Cabrera, na província de María Trinidad Sánchez, onde se fazia passar por um oficial reformado do Exército americano.

No entanto, Delgado Valdez esclareceu que, quando a DNCD e a Direção de Migração souberam de seu caso, determinaram que era "um criminoso internacional que escolheu o país como refúgio".

Uma das predileções do detido, acrescentou o oficial, "era expor suas partes íntimas a adolescentes de 16 a 18 anos".

De acordo com a fonte, a Justiça dos Estados Unidos atribui ao detido ter abusado de pelo menos duas crianças por ano.

Fontana também enfrenta acusações por mostrar material pornográfico a crianças e adolescentes, acrescentou a DNCD. EFE mf/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.