RDC: Acnur enviará 60.000 deslocados de Kibati para um campo mais seguro

Genebra, 14 nov (EFE).- O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) transferirá na próxima semana 60.

EFE |

000 deslocados de Kibati, no perigoso leste da RDC, para outro acampamento em um local considerado mais seguro, informou hoje um porta-voz desta agência da ONU .

"Diante da continua ameaça para a segurança nos dois campos de Kibati pela proximidade dos combates, a Acnur e seus parceiros, junto com as autoridades provinciais, decidiram transferir mais de 60.000 pessoas dos dois campos de Kibati para um novo em Mugunga", disse o porta-voz Ron Redmond.

"Espera-se que a mudança comece na próxima semana e esperamos que termine em poucos dias", acrescentou.

O porta-voz da Acnur reconheceu que a mudança será "difícil", pois há falta de veículos suficientes, por isto a maior parte das pessoas terá que cumprir a pé os 15 quilômetros de distância.

"Aqueles que não podem andar, como crianças, idosos e doentes, serão transportados em caminhões para o novo campo", concluiu. EFE vh/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG