Genebra, 14 nov (EFE).- O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) transferirá na próxima semana 60.

000 deslocados de Kibati, no perigoso leste da RDC, para outro acampamento em um local considerado mais seguro, informou hoje um porta-voz desta agência da ONU .

"Diante da continua ameaça para a segurança nos dois campos de Kibati pela proximidade dos combates, a Acnur e seus parceiros, junto com as autoridades provinciais, decidiram transferir mais de 60.000 pessoas dos dois campos de Kibati para um novo em Mugunga", disse o porta-voz Ron Redmond.

"Espera-se que a mudança comece na próxima semana e esperamos que termine em poucos dias", acrescentou.

O porta-voz da Acnur reconheceu que a mudança será "difícil", pois há falta de veículos suficientes, por isto a maior parte das pessoas terá que cumprir a pé os 15 quilômetros de distância.

"Aqueles que não podem andar, como crianças, idosos e doentes, serão transportados em caminhões para o novo campo", concluiu. EFE vh/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.