Raúl Castro termina visita a Angola e parte para Argélia

Luanda, 7 fev (EFE).- O presidente de Cuba, Raúl Castro, terminou hoje sua primeira visita a Angola, seu aliado emblemático na África, após chegar ao cargo e partiu para a Argélia, outro país amigo histórico do regime de Havana no continente.

EFE |

Raúl Castro, que chegou há três dias a Luanda procedente de Moscou, partiu às 10h20 (7h20 de Brasília) de um aeroporto de Luanda.

Em sua visita, destinada a estreitar as relações e promover a cooperação entre Cuba e Angola, Raúl Castro se encontrou com o presidente angolano, José Eduardo dos Santos, e assistiu a uma sessão extraordinária da Assembleia Nacional.

Além disso, visitou instalações industriais e de serviços e garantiu que Cuba manterá a cooperação econômica e social para a reconstrução de Angola, assolada por três décadas de guerra civil após a independência de Portugal, em 1975.

Esta é a segunda visita a Angola de um presidente de Cuba, depois da realizada em 1976 por Fidel Castro, enquanto os presidentes angolanos, Agostinho Neto e Santos, visitaram Cuba em 1976 e 2007, respectivamente. EFE ms/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG