Raúl Castro pede solução multilateral para a crise econômica

Sharm el-Sheikh (Egito), 15 jul (EFE).- O presidente cubano, Raúl Castro, abriu hoje a 15ª Conferência do Movimento de Não-Alinhados (Noal) com o pedido de uma solução para a crise econômica que conte com a participação de todos os países do mundo.

EFE |

"O movimento confirmou sua convicção de que todos os países do mundo devem tomar parte na busca de soluções efetivas e justas à atual crise", disse Raúl em discurso centrado na crise econômica.

O líder cubano entrega hoje a Presidência do Noal ao Egito, após dirigir a organização desde a realização da 14ª cúpula da entidade em Havana, há três anos. EFE jfu/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG