Raúl Castro ficará em Caracas até segunda

O presidente cubano, Raúl Castro, que chegou neste sábado a Caracas para uma visita de apenas algumas horas, decidiu ficar na capital venezuelana até segunda-feira de manhã, quando embarca rumo ao Brasil para assistir a uma cúpula de dirigentes da América Latina.

AFP |

Segundo fontes diplomáticas, em conversa com a AFP neste sábado à noite, Castro terá vários atos e reuniões de caráter privado no domingo. O líder cubano deve se reunir com diplomatas, autoridades militares e funcionários cubanos que participam das missões sociais desenvolvidas pelo governo do presidente Hugo Chávez.

Essa é a primeira viagem oficial de Raúl Castro, de 77 anos, a um país estrangeiro desde que assumiu o poder em 2006, assumindo o lugar do irmão, comandante Fidel, de saúde debilitada.

Seu primeiro ato oficial na Venezuela foi depositar flores aos pés da estátua de Simón Bolívar, no centro de Caracas.

No final da tarde, Castro e Chávez se reuniram no Palácio de Miraflores, também na capital, para dar continuidade à agenda econômica da visita, que resultará em vários acordos, alguns deles no âmbito energético.

bl/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG