Raúl Castro diz que americano preso foi enviado por Obama para ajudar oposição

O presidente de Cuba, Raúl Castro, acusou neste domingo o governo de Barack Obama de ter enviado o americano detido há duas semanas na ilha para fornecer à oposição cubana meios sofisticados de comunicação.

AFP |

"Ele se dedicava a fazer o abastecimento ilegal de sofisticados meios de comunicação via satélite a grupos da 'sociedade civil' que os Estados Unidos querem formar contra nosso povo", afirmou Raúl Castro em seu discurso ante a sessão anual do parlamento.

O presidente cubano assinalou que a prisão do americano, em 5 de dezembro passado, é uma prova que o "inimigo está tão ativo quanto sempre".

O americano detido trabalhava para a empresa Development Alternatives (DAI), que opera na ilha dede 2008. Ele foi acusado de distribuir computadores e celulares para opositores cubanos.

Segundo a empresa, o departamento de Estado está negociando para obter assistência consular para tirar seu funcionáio do país.

jz/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG