HAVANA (Reuters) - O presidente de Cuba, Raúl Castro, adiou a realização do primeiro congresso do Partido Comunista em 12 anos, atrasando uma reunião que determinaria o rumo do sistema e decidiria se seu irmão Fidel continuará como chefe da única força política da ilha. Segundo informou a imprensa estatal, a decisão foi tomada em uma reunião do Comitê Central do partido, realizada na quarta-feira. Não há uma nova data para a realização do congresso, informou o jornal oficial Granma.

(Reportagem de Rosa Tania Valdés)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.