O primeiro-ministro dinamarquês, Anders Fogh Rasmussen, renunciou neste domingo ao cargo para assumir a chefia da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), e foi substituído de imediato por seu ministro da Fazenda, Lars Loekke Rasmussen, que proclamou sua intenção de seguir o mesmo caminho de seu antecessor.

Anders Fogh Rasmussen, que desde 2001 dirigia uma coalizão governamental de centro direita, foi nomeado sábado secretário-geral da Otan, em substituição ao holandês Jaap de Hoop Scheffer.

Ele deverá anunciar nomeações em seu gabinete, tanto para a carteira das Finanças como para o cargo da ministra de Estado que renunciou sexta-feira.

po-map/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.