Rap sobre partículas físicas faz sucesso na internet

Quem disse que a ciência não pode ser legal? Kate McAlpine é uma celebridade em ascensão no YouTube por seu inusitado rap sobre a física de partículas de alta energia. Sua performance atraiu mais de meio milhão de visitas ao site até o momento.

AP |

A formanda da Universidade Estadual de Michigan de 23 anos e escritora de ciência fez um rap sobre o Grande Colisor de Hádrons, o inovador acelerador de partículas que foi construído num túnel circular de 27km no laboratório Cern em Genebra, Suíça.

McAlpine fala sobre como quando o colisor entrar em ação no dia 10 de setembro "as coisas que descobrirá irão abalar sua cabeça". A máquina de US$3.8 bilhões irá colidir dois feixes de prótons numa velocidade próxima à da luz para que os cientistas possam ver que partículas resultarão do choque.

"O rap e a física vivem em mundos diferentes", disse McAlpine, "e eu achei interessante tentar misturá-los".

Outros, incluindo físicos, também viram graça na tentativa. "Nós amamos rap e a informação passada neste é muito correta", disse o porta-voz do Cern James Gillies.

McAlpine recebeu permissão para filmar a si mesma e alguns amigos dançando nas cavernas e túneis onde o experimento acontece.

"Eu confesso que desconfiei quando Katie disse que queria fazer isso, mas quando vi alguns raps que ela fez anteriormente fui convencido", disse Gillies. "Eu acho que você perceberá entre os cientistas uma aceitação unânime do vídeo".

Leia mais sobre rap

    Leia tudo sobre: internetrapyoutube

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG