Radovan Karadzic exercia medicina alternativa em Viena

O ex-líder político dos servo-bósnios Radovan Karadzic, que exercia a medicina alternativa na clandestinidade, também trabalhou na Áustria, na comunidade sérvia de Viena.

AFP |

Um casal servo-austríaco, residente em Viena, contou ao jornal "Kurier" ter reconhecido na foto de Karadzic, com sua espessa barba branca e seu curioso penteado, o curandeiro que tratou a esposa há pouco mais de um ano para ajudá-la a ficar grávida.

Segundo o casal, Karadzic usava o apelido "Pera" e viajava com passaporte croata. Estava sempre vestido de preto, à semelhança do doutor Dabic, identidade utilizada pelo ex-líder político para trabalhar em uma clínica de Belgrado.

Um porta-voz do Ministério do Interior confirmou, hoje, que Karadzic esteve em Viena, em maio de 2007, sob a identidade de Petar.

Foi, inclusive, revistado pelos agentes da unidade especial Cobra que fizeram uma batida em um edifício de Viena, em 4 de maio de 2007, quando buscavam um suspeito de assassinato, informou a emissora austríaca ORF.

Os agentes da unidade especial verificaram, então, a identidade de um homem com barba e cabelos brancos, que lhes pareceu inofensivo, completou a rede de TV.

Karadzic, que nunca se hospedava em hotéis, mas em casas de famílias sérvias, era uma espécie de guru nessa comunidade na capital austríaca.

Acusado de genocídio, crimes contra a humanidade e crimes de guerra, especialmente pelo massacre de 8 mil muçulmanos em Srebrenica (leste da Bósnia), em julho de 1995, Radovan Karadzic foi preso segunda-feira, em Belgrado. Em breve, será transferido para o Tribunal Penal Internacional de Haia (TPI).

          Clique na imagem e veja o infográfico sobre Radovan Karadzic

Imagem mostra Karadzic barbudo para não ser reconhecido

Veja também

  • Karadzic apelará contra extradição '5 min antes do fim do prazo'
  • Família de Karadzic é impedida de visitá-lo na prisão em Belgrado
  • Termina prazo dado a Karadzic para fazer apelação
  • Leia mais sobre: Radovan Karadzic

      Leia tudo sobre: radovan karadzic

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG