Extremistas incendiaram 100 caminhões no Paquistão, sendo que metade deles seguiam em direção ao Afeganistão com material para as tropas internacionais, no segundo ataque do tipo em dois dias.

"Milicianos armados queimaram outros 50 caminhões de um abastecimento da Otan. Foi um ataque muito parecido com o executado por 200 milicianos na noite anterior", declarou à AFP o policial paquistanês Anwar Zeb.

A polícia conseguiu salvar das chamas quase 40 veículos.

No ataque de domingo, os milicianos cercaram o terminal de caminhões de Peshawar, noroeste do Paquistão, e neutralizaram 12 guardas. Um segurança foi morto antes dos extremistas incendiarem 65 caminhões.

A Otan tem 50.000 soldados no Afeganistão, abastecidos fundamentalmente a partir do Paquistão.

str-cc/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.