Radicais islâmicos usam vídeo na net para recrutar combatentes na Alemanha

Berlim, 10 jan (EFE).- Um novo vídeo na internet publicado do Afeganistão convida muçulmanos que vivem na Alemanha a se juntarem ao exército da guerra santa, revela o próximo número da revista Der Spiegel, que entra em circulação no domingo.

EFE |

Em um alemão quase perfeito, um ativista com o nome de Abu Adam da Alemanha convoca seus "irmãos" neste país para a jihad, indica a publicação.

A revista acrescenta que o filme, de aproximadamente 30 minutos, parece ter sido rodado pelo Movimento Islâmico do Uzbequistão, um dos grupos radicais mais antigos da região, cujas conexões com a Alemanha, no entanto, ninguém conhecia até o momento.

"Venham em massa e enfileirem-se em nossa luta", diz o ativista no vídeo, no qual aparecem outros três homens aparentemente procedentes da Alemanha, que pede aos voluntários que se apresentem para a guerra santa acompanhados de mulheres e filhos.

Intitulado "Alegre mensagem do Afeganistão", o filme traz ainda várias cenas de combates e tiros de metralhadora.

A revista comenta que, segundo fontes do Ministério de Interior, o vídeo é um indício de que no Afeganistão e em outros países da região há mais ativistas com conexões logísticas com a Alemanha do que se pensava. EFE jcb/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG