Rachadura em vidro causou pouso forçado de avião do Exército espanhol

Madri, 13 dez (EFE).- Uma rachadura no vidro de uma janela do Boeing 707 do Exército espanhol que leva ajuda humanitária ao Afeganistão foi a causa da aterrissagem forçada de hoje em Nápoles (Itália), informaram fontes do Ministério da Defesa espanhol.

EFE |

O problema no vidro causou a despressurização na cabine do Boeing 707, no qual viaja o chefe do Estado-Maior da Aviação espanhola, general José Jiménez Ruiz, junto com representantes das empresas que doaram mais de 50 toneladas de brinquedos, roupa e comida para a população de Herat (Afeganistão).

Esta incidência foi controlada pelos pilotos da aeronave, que decidiram realizar um pouso de emergência em Nápoles, sem que fosse registrasse nenhum dano entre os passageiros, informou o ministério, em comunicado.

A maior parte do material humanitário doado, acrescentaram as fontes, foi transportado à zona de forma progressiva em outros vôos, que aconteceram antes.

O Ministério da Defesa espanhol, ao saber do incidente, que ocorreu na madrugada de hoje, decidiu enviar um segundo Boeing 707 a Nápoles, que já decolou da cidade italiana. EFE cc/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG