Cerca de 50 rabinos e líderes religiosos de Israel sobrevoaram o país com a missão de lançar suas bênçãos das alturas para espantar a gripe suína.

Os religiosos cantaram orações e tocaram a tradicional corneta Shofar, feita com chifre de carneiro.

Em entrevista ao jornal israelense Yedioth Aharanot, o rabino Yitzhak Batzri disse que o objetivo do voo foi "interromper a pandemia para que as pessoas parem de morrer da doença".

A gripe suína é geralmente chamada de H1N1 em Israel, onde os porcos são considerados animais "impuros".

Segundo o Ministério da Saúde de Israel, já há mais de 2.000 casos de gripe suína no país, com cinco mortes até agora.

Leia mais sobre "gripe suína"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.