R. Unido: Terrorista de 18 anos é condenado a dois anos em centro especial

Londres, 19 set (EFE).- Hammaad Munshi, considerado o terrorista mais jovem detido e processado no Reino Unido, foi condenado hoje a dois anos em um centro de internamento de jovens, determinou hoje o Tribunal de Old Bailey, em Londres.

EFE |

Munshi, de 18 anos e natural de Dewsbury (norte da Inglaterra), foi declarado culpado no mês passado de reunir informação que pode ser utilizada com fins terroristas.

O rapaz tinha 16 anos quando foi detido pela Polícia antiterrorista britânica, ao considerá-lo integrante de uma célula voltada para a radicalização das pessoas para fins terroristas.

Especialista em informática, Munshi tinha seu próprio site e se identificava como "Fidadee", um termo árabe que significa "pessoa preparada para se sacrificar por uma causa".

O acusado usava a internet para divulgar informação técnica sobre "como matar" e como fabricar explosivos, detonadores e granadas.

Segundo a Procuradoria britânica, o adolescente é "a pessoa mais jovem acusada de um crime de terrorismo" neste país. EFE vg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG