Txeroki , carismático chefe do ETA capaz de matar - Mundo - iG" /

Txeroki , carismático chefe do ETA capaz de matar

BORDEAUSX - Garikoitz Aspiazu Rubina, conhecido como Txeroki, detido em Cauterets, na França, é um chefe carismático capaz de matar, segundo o criminalista Jean Chalvidant, especialista no grupo separatista basco ETA. Era um chefe carismático, adorado por seus homens, capaz de matar. Mimava seus militantes como uma mãe mima seus filhos. Um chefe que não participava das ações, mas estava muito próximo da área, declarou na segunda-feira à Reuters.

Reuters |

Chalvidant, doutor em civilização espanhola, é autor de várias obras sobre o grupo.

Para ele, "Txeriki", de 35 anos, é um produto puro do ETA, saído de "kale borroka", verdadeira incubadora do bando. "Ele integrou o ETA ainda jovem", disse.

"Txeroki" foi treinado desde 2000 por Soledad Iparraguire Genetxea, codinome "Anboto", companheira de Mikel Albizu Iriarte, "Antza", chefe político do ETA com quem foi detida em outubro de 2004.

"Em 2003, ele virou o chefe do departamento mais importante da organização, o aparato militar", disse Chalvidant.

Neste cargo, ele é considerado responsável pela organização de todos os atentados cometidos pelo ETA desde então.

Dois dos membros do ETA detidos recentemente acusaram-no de ser o terceiro membro do comando que assassinou dois guardas civis em Capbreton, em dezembro de 2007.

"Uma das ações mais sanguinárias e desprezíveis... O assassinato de dois guardas civis em Capbreton, onde sua participação direta parece evidente", disse o premiê espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero.

"Com o histórico de 'Txeroki', supõe-se que vidas sejam salvas já que ele está nas mãos da polícia", acrescentou.

(Reportagem de Claude Canellas)

    Leia tudo sobre: eta

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG