The Lancet retira artigo que relacionou vacina a autismo - Mundo - iG" /

The Lancet retira artigo que relacionou vacina a autismo

Londres, 2 fev (EFE).- A revista médica britânica The Lancet anunciou hoje que retirou de seu arquivo público um polêmico artigo publicado em 1998 que ligou o autismo com a vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo, a caxumba e a rubéola.

EFE |

Em comunicado, a publicação, que em 2004 emitiu um desmentido parcial reconhecendo a insuficiência das provas apresentadas, confirmou desta vez que o texto contém afirmações "falsas" que põem em dúvida todo o processo de pesquisa.

A decisão da revista chega dias depois de o médico britânico que realizou o estudo publicado, Andrew Wakefield, ter sido desautorizado pelo conselho médico do país (GMC) por não ter obtido a devida aprovação do comitê ético para efetuar seus testes clínicos.

A principal conclusão de sua pesquisa, que neste caso não foi objeto de análise do GMC, foi desmentida muitas vezes em estudos posteriores.

A afirmação de que a vacina tríplice viral estava ligada ao autismo provocou uma alarmante queda nas vacinações no Reino Unido, além de um debate político e entre os profissionais de medicina.

O GMC, que mais adiante deverá decidir se suspende a licença de Wakefield, só avaliou o procedimento empregado na pesquisa - não seu resultado - e concluiu que o médico havia "abusado de seu poder".

Com isso, a "The Lancet" decidiu eliminar de seus arquivos o artigo.

Em 2004, a revista alegou que talvez não devesse ter publicado o texto devido à existência de um conflito de interesses, já que Wakefield trabalhava para os advogados de pais que achavam que seus filhos tinham sido prejudicados pela vacina.

Hoje, a "The Lancet" foi mais longe ao reconhecer as falsidades nas afirmações do médico, que atualmente vive e trabalha nos Estados Unidos, e ao retirar "completamente o artigo do arquivo público".

EFE jm/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG