Precisamos de uma mudança de perspectiva e atitude , diz Obama - Mundo - iG" /

Precisamos de uma mudança de perspectiva e atitude , diz Obama

Washington, 13 mai (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou hoje que é preciso uma mudança de perspectiva e de atitude, ao pedir aos jovens que façam a diferença e trabalhem em benefício dos demais.

EFE |

Obama participou de uma cerimônia de formatura na Universidade do Arizona, a primeira que assiste como presidente, e onde foi recebido por mais de 70 mil pessoas.

Em seu discurso, o governante confirmou a mensagem de que o importante na vida não são os cargos ou dinheiro na conta corrente, mas "o trabalho diário, os atos individuais, as opções, grandes e menores, que escolhemos e que vão se somando para deixar um legado durável".

Esse legado, afirmou, "se acumula, se aprofunda e se expande em cada dia que alguém dá o melhor de si e contribui para a vida desta nação".

A crise econômica, os conflitos no Iraque e Afeganistão e as ameaças como a mudança climática deixaram claro que "é preciso começar a fazer as coisas de maneira diferente", disse Obama.

"Precisamos de uma mudança fundamental de perspectiva e atitude", ressaltou o presidente americano.

Obama assegurou que a atitude que se destacou até agora, "a preferência pelas aparências em vez do conteúdo, da fama em vez do caráter, do lucro no curto prazo em vez das conquistas perduráveis", com muita frequência levam à complacência.

"Além disso, pode nos levar a violar nossos valores, princípios e compromissos", declarou.

"Foi a busca de lucros escandalosos a curto prazo que fez com que tanta gente perdesse o rumo em Wall Street", disse.

Obama, que usou a toga da Universidade, nas cores vermelha, cinza e azul marinho, foi precedido em seu discurso pelo reitor da instituição, Michael Crow, e o cantor Alice Cooper, que já estudou neste campus.

O governante deve participar ainda de outras duas cerimônias de formatura, na Universidad Católica de Notre Dame, em South Bend (Indiana), e na Academia Naval (Annapolis).

Sua participação na cerimônia de Notre Dame causou polêmica entre alguns setores católicos, que criticam que o convite a um presidente que se declarou partidário do direito ao aborto. EFE mv/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG