O Vampiro , de Edvard Munch, será leiloado em N. York - Mundo - iG" /

O Vampiro , de Edvard Munch, será leiloado em N. York

Londres, 23 set (EFE).- O quadro considerado o mais misógino do pintor expressionista norueguês Edvard Munch, que representa uma mulher que abraça um homem em quem parece dar uma dentada no pescoço, irá a leilão em breve na Sothebys de Nova York, anunciou hoje a galeria.

EFE |

Intitulada "Amor e Dor", mas popularmente conhecida como "O Vampiro", alguns viram na obra uma alusão às prostitutas com quem o artista se relacionava, enquanto outros a interpretam como uma macabra fantasia em torno da morte de uma de suas irmãs.

Segundo o depoimento de Adolf Paul, um conhecido do grande expressionista norueguês, a inspiração original tinha vindo a Munch em uma tarde enquanto pintava uma modelo que "tinha longos cabelos vermelhos como chamas que caíam sobre seus ombros como sangue congelado".

Paul estava casualmente de visita no estúdio e de repente o pintor o ordenou aos gritos que ele se ajoelhasse diante da modelo e colocasse sua cabeça contra o peito dela.

"Eu obedeci. Ela então se inclinou sobre mim e apertou seus lábios contra meu pescoço enquanto me cobria seu cabelo avermelhado.

Munch começou a pintar e pouco depois tinha completado seu 'Vampiro'", relatou Paul.

Pintada em 1894, a tela, que faz parte do chamado "Friso da Vida" de Munch, causou escândalo quando exibida pela primeira vez na em 1902. No ano seguinte, foi adquirida pelo colecionador Johann Anker, de Munique.

É a única versão das quatro pintadas por Munch com o mesmo tema entre 1883 e 1884 que continua em mãos de colecionadores. As outras três estão em museus de Oslo, na Noruega, e Gotemburgo, na Suécia.

Petra Pettersen, do museu Munch, da capital norueguesa, considera essa uma das obras mais bem executadas do pintor.

"O Vampiro", pintado no mesmo ano que a obra mais famosa de Munch, "O Grito", será posto em leilão em Nova York em 3 de novembro, e há a expectativa de que seja arrematado por uma quantia superior aos US$ 30 milhões pagos em maio por outra obra conhecida do norueguês, "Moças na ponte".

Antes de sua exposição e venda em Nova York, a obra de Munch será exibida na Sotheby's de Londres, entre 3 e 7 de outubro, e em Moscou, entre 16 e 19 de outubro. EFE jr/ev/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG