Novos inimigos são os que cometem violência, diz Mugabe - Mundo - iG" /

Novos inimigos são os que cometem violência, diz Mugabe

Harare, 14 mar (EFE).- O presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, denunciou hoje os que cometem atos de violência política como os novos inimigos do país e fez uma chamada à harmonia entre os antigos rivais.

EFE |

"Vamos caminhar juntos. Formamos este Governo de unidade para conseguir a estabilidade, a paz e a harmonia", afirmou Mugabe durante o enterro de um antigo comandante-em-chefe das Forças Armadas zimbabuanas.

Mugabe defendeu a tolerância política no Zimbábue, quatro dias depois do discurso de reconciliação que pronunciou no funeral da esposa do primeiro-ministro zimbabuano, Morgan Tsvangirai, líder do Movimento para a Mudança Democrática (MDC), que desde 13 de fevereiro compartilha o Governo com a governista União Nacional Africana do Zimbábue-Frente Patriótica (Zanu-PF).

O discurso de hoje contrastou com os que Mugabe costumava pronunciar durante funerais de Estado, ocasiões usadas pelo governante zimbabuano para atacar e denegrir seus inimigos políticos, incluindo Tsvangirai e o MDC.

Mugabe denunciou alguns incidentes de violência política registrados em vários distritos do interior do país entre membros da Zanu-PF e do MDC.

O jornal governamental "Herald" publica em sua edição de hoje informações sobre atos de represália entre rivais políticos no distrito de Buhera, localidade natal de Tsvangirai, no leste do Zimbábue. EFE rt/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG