Não sou santo , diz Berlusconi após gravações com teor sexual - Mundo - iG" /

Não sou santo , diz Berlusconi após gravações com teor sexual

ROMA - O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, após meses negando acusações de envolvimento com adolescentes e prostitutas, reconheceu nesta quarta-feira que não é santo, mas prometeu seguir no governo até o final de seu mandato.

Reuters |


Em seus primeiros comentários públicos desde a publicação por jornais de gravações de conversas íntimas supostamente entre ele e uma acompanhante, Berlusconi tentou superar o escândalo com um de seus tradicionais gracejos.

"Há toneladas de garotas bonitas e empresários por aí", disse ele na cerimônia de início de construção de uma nova rodovia.

"Não sou um santo, vocês todos devem ter entendido isso. Espero que aqueles no La Repubblica também tenham entendido isso", disse ele, se referindo ao jornal de esquerda que lidera os pedidos para que o premiê esclareça detalhes de sua vida pessoal.

Comentando sobre novas obras públicas a serem inauguradas em 2013, final de seu mandato, Berlusconi disse: "Estaremos todos por aqui, porque o que faria a Itália sem nós?".

Os sites do La Repubblica e a revista semanal L'Espresso publicaram gravações de conversas que, segundo os veículos, são entre Berlusconi e Patrizia D'Addario, uma acompanhante que diz que ela e outras mulheres foram pagas para participar de festas na casa de Berlusconi, de 72 anos, em Roma.

Leia mais sobre: Berlusconi

    Leia tudo sobre: berlusconiescândaloitália

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG