Orlando Zapata, dissidente político cubano de 42 anos que morreu na tarde de terça-feira em Havana após uma greve de fome de 85 dias, denunciou que seu filho foi torturado durante os sete anos em que esteve preso e pediu que o mundo lute pela libertação dos outros presos políticos cubanos." / Meu filho foi torturado , diz mãe de preso político morto à blogueira cubana - Mundo - iG" / Orlando Zapata, dissidente político cubano de 42 anos que morreu na tarde de terça-feira em Havana após uma greve de fome de 85 dias, denunciou que seu filho foi torturado durante os sete anos em que esteve preso e pediu que o mundo lute pela libertação dos outros presos políticos cubanos." /

Meu filho foi torturado , diz mãe de preso político morto à blogueira cubana

A mãe do pedreiro http://ultimosegundo.ig.com.br/bbc/2010/02/24/dissidente+cubano+preso+morre+apos+85+dias+de+greve+de+fome+9407358.htmlOrlando Zapata, dissidente político cubano de 42 anos que morreu na tarde de terça-feira em Havana após uma greve de fome de 85 dias, denunciou que seu filho foi torturado durante os sete anos em que esteve preso e pediu que o mundo lute pela libertação dos outros presos políticos cubanos.

iG São Paulo |

O testemunho de Reina, mãe de Zapata, foi gravado pela blogueira cubana Yoani Sánchez em vídeo  divulgado em seu blog Generación Y .  "Meu filho perdeu a vida por um assassinato premeditado. Ele foi objeto de tortura e de sofrimento durante todo o tempo que ficou na prisão", denunciou no vídeo.

AFP
Orlando Zapata, em foto de 2003
Orlando Zapata, em 2003
Em seu depoimento, Reina também pediu que o mundo busque a libertação dos outros cubanos que continuam presos na ilha, "para que não volte a acontecer o que ocorreu com meu filho".

Zapata estava em greve de fome havia 85 para exigir melhores condições na prisão. Ele morreu mesmo após ter sido transferido de um presídio na província de Camaguey, onde começara a sua greve de fome, para um hospital da capital de Cuba, Havana.

Desde 2003, a organização internacional de defesa dos direitos humanos Anistia Internacional classificava Zapata como "prisioneiro de consciência".

Na época, ele foi preso com mais de 70 adversários políticos do regime comunista cubano. Ele é o primeiro prisioneiro político a morrer de fome no país em quase 40 anos.

O blog Generación Y , em que Yoani Sánchez aborda os problemas políticos e sociais da ilha de Fidel Castro, garantiu sucesso mundial à blogueira cubana. Em 2008, a revista Time a incluiu na lista das 100 pessoas mais influentes do mundo.

*Com informações da BBC

Leia mais Cuba

    Leia tudo sobre: cuba

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG