Médico da morte nazista morreu em 1992, segundo TV - Mundo - iG" /

Médico da morte nazista morreu em 1992, segundo TV

O médico da morte Aribert Heim, um dos criminosos nazistas mais procurados do mundo e que estava desaparecido há 50 anos, faleceu em 1992, afirmou na noite desta quarta-feira a rede de televisão alemã ZDF.

AFP |


Heim morreu de câncer em 1992, informou a ZDF, citando o filho do ex-nazista e amigos dele no Egito, onde morava. A rede de TV afirmou, inclusive, ter recebido uma cópia do atestado de óbito.

Nascido na Áustria, Aribert Heim, que também possuía nacionalidade alemã, é considerado um dos mais sádicos criminosos de guerra nazistas, suspeito de ter assassinado e torturado centenas de detentos do campo de concentração de Mauthausen (norte da Áustria) com injeções de veneno no coração ou praticando eviscerações sem anestesia.

Ele era o segundo criminoso nazista mais procurado do mundo depois de Alois Brunner, principal assistente de Adolf Eischmann e que está hoje considerado como morto.

De acordo com a ZDF, que afirmou em comunicado ter conduzido uma investigação com o New York Times, Aribert Heim vivia com uma identidade falsa no Egito e tinha até se convertido ao Islã.

Leia mais sobre: nazismo

    Leia tudo sobre: nazismo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG