Maioria dos italianos queria ser como eu , diz Berlusconi - Mundo - iG" /

Maioria dos italianos queria ser como eu , diz Berlusconi

O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, assegurou hoje que possui um forte apoio dos cidadãos de seu país, porque, no fundo, a maioria dos italianos queria ser como Silvio Berlusconi.

EFE |

AFP
O premiê italiano Silvio Berlusconi
"Eles sabem que Silvio Berlusconi não rouba e não usa o poder a seu favor, como fizeram quase todos aqueles que lhe precederam, especialmente os do outro lado", disse o governante em entrevista exibida hoje na emissora de TV "Canale 5", do grupo Mediaset, de sua propriedade.

Berlusconi comentou sobre pesquisas, sem especificar quais, que lhe dão um apoio de 70% da população, e se defendeu das críticas da oposição e de alguns intelectuais italianos sobre a suposta falta de liberdade de imprensa no país.

Críticas

O premier foi criticado por sua decisão de processar os jornais "La Repubblica" e "L'Unità", que publicaram artigos sobre sua vida privada e seu suposto envolvimento em escândalos sexuais.

"Isto é uma piada desta minoria comunista e católico-comunista, proprietária de 90% dos jornais", afirmou.

"Eles entendem a liberdade de imprensa como liberdade para falsear, insultar e caluniar, por isso me vi obrigado a recorrer à Justiça para defender o importante princípio da liberdade de imprensa", acrescentou.

Berlusconi disse ainda que "existe uma campanha subversiva" contra ele, e lamentou que os meios de comunicação lhe atribuam declarações que nunca teria dado.

Leia mais sobre Silvio Berlusconi

    Leia tudo sobre: itália

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG