Ladrão do século é internado por suspeita de fratura no quadril - Mundo - iG" /

Ladrão do século é internado por suspeita de fratura no quadril

LONDRES - O inglês Ronald Biggs, conhecido como o ladrão do século pelo assalto ao trem pagador de Glasgow, na Escócia, em 1963, foi internado pelo que parece ser uma fratura de quadril e uma infecção pulmonar, informou hoje seu filho Michael.

EFE |

Aos 79 anos e com a libertação prevista para o próximo dia 3, Biggs está sendo tratado no hospital universitário de Norfolk e Norwich (leste da Inglaterra).

No último dia 25, uma comissão especial recomendou a libertação do ladrão da prisão de Norwich, ao concluir que não representa nenhum risco para a população. Ele cumpre pena na ala hospitaleira por seu precário estado de saúde.

No dia 3 de julho, Biggs terá direito oficialmente à liberdade condicional, após ter cumprido um terço de sua pena de 30 anos.

Entretanto, a decisão final está nas mãos do ministro da Justiça do Reino Unido, Jack Straw, que deve faze um anúncio a respeito em breve.

Caso seja libertado, Biggs deve ser transferido para um hospital no norte de Londres, perto de onde vive seu filho, Michael, de 34 anos, nascido no Brasil e que inclusive fez parte do famoso grupo infantil Balão Mágico nos anos 80.

O criminoso já teve sérios problemas de saúde desde maio de 2001, quando decidiu se entregar voluntariamente à Justiça do Reino Unido, após ter fugido para o Brasil em 1965, onde viveu foragido.

Sua fama se deve ao assalto do trem pagador, também chamado de o "roubo do século". Em 1963, ele e mais 14 criminosos roubaram US$ 4,2 milhões, a maior soma roubada até então em um único assalto.

Após cumprir apenas 15 meses dos 30 anos de prisão de sua pena, Biggs fugiu da prisão de Wandsworth, em Londres, e fugiu para França e Austrália, até acabar no Brasil, onde viveu no Rio de Janeiro.

Leia mais sobre: assalto

    Leia tudo sobre: assalto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG