Gustav deixou 19 feridos e milhares de casas danificadas em Cuba - Mundo - iG" /

Gustav deixou 19 feridos e milhares de casas danificadas em Cuba

Havana, 31 ago (EFE).- O furacão Gustav deixou no sábado em Cuba apenas 19 feridos e lesionados, nenhum em estado grave, e destruiu total ou parcialmente dezenas de milhares de casas, informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

O chefe de Operações da Defesa Civil, coronel Miguel Ángel Puig, detalhou pela televisão estatal que não houve mortos na ilha e afirmou que os feridos ou lesionados já estão todos fora de perigo.

A televisão oficial informou de "dezenas de milhares" de casas "afetadas", sem dar mais detalhes, e da destruição de 3.500 armazéns para secar tabaco e 136 torres de alta tensão, especialmente na província de Pinar del Río, por onde passou ontem o "Gustav".

Há também sérios danos em redes telefônicas e elétricas e esses serviços continuam interrompidos em várias regiões, 24 horas depois da passagem do furacão.

Correspondentes da Agência Efe observaram em Pinar del Río povoados e cultivos arrasados, árvores e torres elétricas caídos, ruas cheias de troncos e galhos, e milhares de pessoas assombradas com tantos destroços.

A estação meteorológica de San Diego registrou, até ficar destruída, as violentas seqüências de 340 km/h, sem precedentes em Cuba, e cujas conseqüências, segundo os mais velhos do local, só são comparáveis com o mítico ciclone que arrasou em 1944 o este cubano.

O Governo não quantificou ainda as perdas, mas insiste em que nenhuma pessoa morreu em Cuba, o que contrasta com as 96 vítimas fatais registradas nos outros países do Caribe, castigados antes pelo "Gustav". EFE am/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG